Descartando Bagagens

post descartando bagagens 40 - Descartando Bagagens

Não sei se vocês perceberam, mas não postei nenhum artigo na Sexta-Feira passada como de costume. Meu objetivo é postar um artigo de Segunda a Sexta, e tirar uma folga no fim de semana! Não foi por falta de assunto, e sim por falta de tempo!

Na Sexta passada convidei uma amiga muito querida para o almoço, e como boa anfitriã que sou, modéstia à parte, não hesito em dar e oferecer o melhor que tenho para as minhas visitas!

Fiz um almoço bem gostoso! Como ela é portuguesa, optei em fazer um bom prato da culinária portuguesa, o famoso Bacalhau com Natas, que ficou delicioso!

Subscreva para receber conteúdos GRÁTIS no seu email.

Mensagens de grande conteúdo que irão ajudá-lo(a) na área emocional, espiritual e material.

Junte-se a uma lista de pessoas que está crescendo dia-a-dia!


QUERO RECEBER

Eu amo receber visitas em minha casa, gosto de ter minha casa cheia, e sempre que posso convído alguém para tomar um café e comer uma fatia de bolo, ou para comer algo!

Todo o ano digo que não vou fazer festa no meu aniversário, mas como sempre acabo fazendo algo! Pois gosto de cozinhar, gosto de receber amigos em minha casa!

Esse prazer de servir faz parte da minha natureza, acho que herdei da minha mãe e da minha querida Vó Floriza, que sempre teve a casa cheia, e cozinhava toneladas de comida.

Eu cresci nesse meio, vendo a família e amigos sempre ao redor da mesa comendo e tendo momentos de alegria!

Na Sexta-Feira ficámos, mais ou menos, das duas da tarde até as oito da noite. Almoçámos, jantámos e conversámos muito. Tudo sem sair da mesa!

E em meio a essa atmosfera bem relaxante, conversa foi o que não faltou!

No fim da tarde uma outra amiga me ligou, perguntando se podia vir para um café!

sim, a conversa se prolongou ainda mais! Conversámos, aconselhámos, chorámos e nos alegrámos!

Foi um tempo super gostoso e gratificante!

E durante nossa conversa entramos no tema casamento!

Que tema! Assunto sobre isso é o que não falta. E reclamações dos parceiros então! Mas tentámos focar nos porquês dos conflitos e suas divergências!

Quem é casado, sabe que os conflitos e divergências são uma realidade, as diferentes opiniões e visões, diferentes perspectivas e até mesmo diferentes objetivos, são uma constante!

Cada um vem de uma realidade diferente! Cheios de expectativas e achando que essas expectativas serão supridas pelos parceiros, mas às vezes essas expectativas são totalmente desconhecidas, elas nunca foram expressas anteriormente!

A mulher tem o dom de achar que o marido tem uma bola de cristal e que ele tem o poder de adivinhar tudo que se passa na cabeça dela!

Quando casamos trazemos na nossa bagagem emocional, tantas coisas, que muita vezes nem sabemos que estavam lá! De repente você começa a tirar para fora essas coisas, e então os conflitos são ativados!

Por vezes, entramos nos relacionamentos, pensando que as necessidades não supridas em nas nossas vidas, serão automaticamente supridas após o casamento, e cobramos dos nossos parceiros, como se eles tivessem a obrigação de suprir carências, ou coisas más resolvidas do nosso passado.

Tanto o esposo como a esposa, trazem bagagens, familiares, culturais, espirituais e emocionais.

Muitas vezes, quando começam a desfazer as malas, e tentam arrumar o que vem dentro dessas bagagens em casa, nas prateleiras e nos armários de um novo relacionamento, tanto ele, como ela, acham que a bagagem deles é a mais importante, e isso poderá de alguma forma, dar espaço para discussões e desavenças, que muitas vezes, se não forem tratadas, podem até acabar em divórcio.

Não que as bagagens de cada um não sejam importantes, mas é importante identificar quais as que devem ficar, e quais as que devem ser descartadas!

Devemos nos libertar das bagagens velhas e inúteis, que têm o potencial de destruir, em vez de construir. Devemos fazer uma faxina e nos livrar das bagagens que podem trazer atrito ao relacionamento.

Afinal, um novo relacionamento, um novo projeto de vida, começa quando nos casamos. Algo para ser construido dia a dia, e não algo que acontece num único dia, no dia do casamento, como muitos pensam.

Dica de hoje: veja, analise as bagagens familiares, culturais, espirituais e emocionais que você trouxe para o seu casamento. Identifique as boas e descarte as que têm trazido, ou podem vir a trazer, contendas para o seu casamento.

Ainda vai a tempo de poder deixar sua casa mais leve, sem bagagens desnecessárias, uma casa mais limpa e com um novo perfume de felicidade!

Se você acha que este artigo foi benéfico para a sua vida, então não se esqueça de o compartilhar nos links abaixo, e abençoe você também o seu próximo!

Para receber dicas diretamente no seu email subscreva aqui.

Siga-nos também pelo Twitter clicando aqui e ou através do WhatsApp, adicionando o seguinte número: +44 7887249649, e enviando a seguinte mensagem: Quero Receber Dicas Grátis.

Até breve!

Subscreva para receber conteúdos GRÁTIS no seu email.

Mensagens de grande conteúdo que irão ajudá-lo(a) na área emocional, espiritual e material.

Junte-se a uma lista de pessoas que está crescendo dia-a-dia!


QUERO RECEBER

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.